sábado, 7 de julho de 2007

NUNCA DEIXE DE SONHAR


Hoje levantei cedo, como de costume, e observando o mundo de minha janela, pude perceber que, enquanto o dia se levantava, os pássaros, belamente, cantavam, e percebendo a poeira da noite sendo empurrada pelos raios de sol perguntava: Será que eles sabem por que (ou para quem) cantam? O que os impele a cantar? E a medida que questionava percebia que realmente há uma razão para cantar a cada manhã.

Às vezes nos sentimos sós, mas apreciando este belo dia que se levanta percebo que somos apenas grãos de areia na imensa praia do universo. Olhar o amanhecer a cada dia me faz perceber a beleza deste mundo o qual fazemos parte, e reforça profundamente o desejo de viver, afinal, tudo passa, nem mesmo você será o mesmo ao fim deste texto, pois nada volta ao que era antes; cada momento é um novo começo e, não sabendo quanto tempo tenho, quero viver a cada momento, afinal não sei que horas são no relógio de minha vida.

Respirar o primeiro ar da manhã, sorrir, olhar para o céu e por ele ser observado, tudo (já dizia a Bíblia em Gênesis) é muito bom, mas ao mesmo tempo fico pensando: Quantos passaram pela vida sem apreciar este momento? (afinal, como já disse, cada momento é único e não se repete) Quantos, por bobagem, adiantaram o relógio da vida sem parar para apreciar cada momento que lhe cercava? Foram muitos, por isso, me esforço para poder aproveitar a vida em cada momento.

Olhar tanta beleza na simplicidade de um amanhecer, no meu respirar, no vento a bater em minha face. Talvez você não tenha percebido os momentos que passaram hoje por você, o que te marcou até agora neste dia? Olhando a imensidão do mundo que nos cerca é fácil de perceber que não estamos sozinhos e que ao nosso redor há muito mais além de nós mesmos; poder ouvir o silêncio de cada manhã, nos torna, a cada momento, mais vivos.

Às vezes mergulhamos em um mundo que nós mesmo criamos, e em conta dele, deixamos de perceber o mundo, que antes de nossa vida esteve sempre aí, tentamos muitas vezes guerrear contra o que está aí, e criamos novas ilusões que subtraem nossos sonhos e esperança. O mundo que nós criamos para viver tem nos tirado a essência e nos arrancado os nossos próprios sonhos (o que é mais perigoso). Afinal, sonhar é a arte de projetar o desejo íntimo de nossa alma, a essência de nossa vida, como que a razão primária de viver. Por isso, nunca deixe de sonhar. Fala-se que sonho não é realidade e por isso não convém alimenta-los, bobagem, afinal ele é o desejo íntimo que lhe impulsiona a viver.

Alimente seus sonhos a cada dia, pois cada momento é novo em sua vida e esses momentos podem ser moldados de acordo com seus sonhos e com a força que você gasta para realizá-los. Lembra-te, na imensa praia do universo tu és apenas um grão de areia, o sonho é o ponto final de sua jornada, por isso, deixe que o vento te sopre e te empurre, levando-te a cada momento além de seus próprios limites, afinal grão de areia, por si só não pode se mover, mas, deixando-se mergulhar na incrível força do vento, pode percorrer longas distâncias, até mesmo voar, e o sonho produz a força deste vento.

Viva, sorria a todos, faça o que te faz feliz, e nunca se esqueça, alimente seus sonhos, pois os grandes sonhos geram grandes ventanias que te fazem voar e ir além de ti. Ame, o amor é o alicerce da felicidade. E não esqueça também, há um mundo ao seu redor, e você é parte integrante dele, carpe diem.

3 comentários:

Stéfanni disse...

E o mais difíceil é isso.
Po mais que queiramos fazer parte da vida das pessoas, o nosso egoísmo fala mais alto.Só o amor mesmo pode vencer rs

beijão!

Stéfanni disse...

eu vou te ver, ok?
só não sei que dia rs
bateu preguiça
tu volta que dia?
*__*

lissa disse...

A cada dia vc me surpreende mais... Está me saindo um belo escritor.
A blz da vida está em tdo, pois Deus a criou. Vc traz ainda mais blz a minha vida...
Amo vc!