segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

A INCRÍVEL PARCIMONIOSIDADE DO POVO BRASILEIRO


A busca de todo estudante, no seu fim último, é galgar um lugar em um emprego seguro e que lhe garanta uma vida DIGNA, entretanto, o que acompanhamos em nosso país, que para os gringos é o PARAÍSO, não é isso. Ante aos olhos do cidadão brasileiro, aquele que rala duro diariamente, a fim de ganhar um salário, como o próprio nome diz, MÍNIMO, segundo a Constituição Federal tal salário deve suprir as necessidades básicas do cidadão, vale lembrar, isso quando ganha este salário-miséria, para estes, se sai um belo inferno, como diria Isaac, se Dante tivesse visitado nosso país o livro do Inferno seria bem maior (Divina Comédia).

Enquanto isso, percebemos que uma pequena classe de sanguessugas que pintam e bordam (viagens e mais viagens à custa do trabalhador que fica de sol a sol trabalhando e não é valorizado) por terem o PODER em suas mãos, ao passo que nós ficamos parados de braços cruzados. E com isso percebo que somos um povo de apenas palavras, tudo vira música, revoltas, escândalos políticos etc; Deixo claro que não sou contra a manifestação artística, mas não podemos ficar somente nela, se faz necessário tomar atitude ao invés de palavras vazias.

Não se pode esquecer da tal cordialidade brasileira, mas como já sabemos, tal cordialidade não é mais que uma mera máscara a fim de esconder a ÚNICA LEI que realmente obedecemos - A LEI DE GERSON - buscamos sempre uma alternativa para burlar as leis. Com isso, perpetuamos cada vez mais essa cultura do "jeitinho" e olhamos tudo isso e pior, achamos bonito.

Entristece-me ver as crianças passando fome, sem escola, enfim, sem nenhuma perspectiva, na verdade a minha luta é por um Brasil justo, entretanto se ficamos de braços cruzados sempre criticando as medidas e revoltas dos nossos parceiros não nos ajudamos em nada... A saída é a REVOLUÇÃO, precisamos um pouco deixar as nossas cadeirinhas e fazer realmente a máquina andar.

Peguemos as baionetas, espadas e machados e partamos rumo a uma DEMOCRACIA realmente participativa, descruzemos os braços e lutemos!
Ps.: A imagem representa tudo o que quis dizer.

Um comentário:

joão carlos disse...

ah maninho mas é isso mesmo....
e impera a lei do LET IT BE pq o brasileiro pensa: "ah eu nao vou fazer, só vai ser eu mesmo" ...
todos querem q os outros resolvam pra eles...
é triste .. mas ...

É ... A VIDA!